sábado, 30 de abril de 2011

COMO ERA PARA TER SIDO

Script by Werner Beck

Ofício Circular E5K1/2011: O casamento real era para ter sido em Bagé, na Auxiliadora. Elizabeth II (a Betinha como o pessoal de lá a conhece) até que queria e o guri também pq já tinha vindo numas quantas gineteadas em outras Semanas Crioulas como parte da missão real de conhecer "de tudo um pouco", mas por conta de dois problemas a festa foi feita na Inglaterra mesmo, a primeira é que o único padre que fala inglês, por vezes, gagueja, daí podiam pensar que tinha algo a ver com aquele filme que ganhou o Oscar e os altos impostos cobrados pelo whisky escocês pelo governo brasileiro o que força todo mundo a ir para os freeshops uruguaios. A cavalhada tinha sido aprovada com louvor. Uma pena que o navio "uisqueiro" (um navio-tanque especialmente construído para transportar whisky) foi mandado de volta quando já estava quase entrando na área do Oceano Atlântico pertencente a Região Metropolitana de Bagé. Vejam como seria o casamento se tivesse sido na Rainha da Fronteira. O filme do ensaio foi feito secretamente pelo Dr. Little John, nobre (praticamente) bageense que por conta de sua estatura entra a cavalo embaixo das laranjeiras para comer aquelas que, normalmente, não alcança.

Nenhum comentário: