quarta-feira, 29 de junho de 2011

PACOTARSO

Para mim esta é a "imagem" da semana [passada].
Legenda do Correio do Povo (PoA, RS): "Funcionários públicos levaram 'pacotarso' para a frente do Piratini."
Foto Cristiano Estrela
Fonte Correio do Povo - quinta-feira, 23 de junho de 2011.
Posted by Picasa

terça-feira, 28 de junho de 2011

ACERTE NAS BOLAS DE FUTEBOL

Mire e atire [jugadores de fútbol] com o canhão, para acertar as bolas de futebol. São 20 fases.

BATENDO FALTAS COM BARREIRA

Neste game você pode ser um batedor de faltas de exímia habilidade, como Rogério Ceni, e como foram, por exemplo, Pelé, Zico, Rivelino, Neto e outros craques brasileiros, e Maradona, Baggio e Stoitchkov, craques estrangeiros.
Clique na bola e vá ajustando seu chute. Escolha a direção, a força e o efeito para fazê-la passar por cima da barreira e depois pelo goleiro. Se não for bem sucedido, tente de novo, até acertar. Aí, vá para a fase seguinte.



domingo, 26 de junho de 2011

BEM ANTES DA FAMA II

Tente adivinhar quem é esta celebridade.
O cara na cadeira não! Clique na foto para aumentá-la e olhe para o guri [de óculos].





Agora já dá para, ao menos, imaginar.
O nome dele é Ricardo Izecson dos Santos Leite, e as fotos são do seu arquivo pessoal.

Ainda não descobriu? Então siga o link.
Posted by Picasa

UM OUTRO TEMPO PARA O CLUB ATLÉTICO RIVER PLATE

E o River Plate, uns dos grandes da Argentina, caiu para a segunda divisão.
Do jornal Olé, em 26/06/2011: "Descendió River a la B Nacional. Descenderá también a un mundo desconocido. No jugará en los grandes estadios de Primera, con vestuarios de más comodidad y un césped parejito. Tendrá que recorrer el país en todas las latitudes. No contará con el apoyo de sus hinchas cuando sea visitante, salvo que se cambien las reglas. Y, claro, chocará con equipos que ni siquiera soñaban en jugar con el Millo."

Em outro tempo, há quase 25 anos, esteve o grande River a disputar e vencer o título mundial, em Tóquio, contra o [então] campeão europeu Steaua Bucaresti, da Romênia.
Nery Alberto Pumpido, Jorge Manuel Gordillo, Nelson Daniel Gutiérrez, Oscar Alfredo Ruggeri, Alejandro Alfredo Montenegro, Héctor Aldolfo Enrique, Américo Rubén Gallego, Norberto Osvaldo Alonso, Roque Raúl Alfaro, Antonio Alzamendi e Juan Gilberto Funes, que compunham esta foto aí, antes do jogo final, venceram o jogo, realizado em 21/12/1986, com um gol [de cabeça] marcado pelo ponta Alzamendi, aos 28 minutos do 1º tempo. O técnico era Héctor Rodolfo "Bambino" Veira, que jogou no SC Corínthians, em 1976.
De pé: Gordillo, Gallego, Pumpido, Gutiérrez, Ruggeri, Montenegro e o auxiliar técnico; agachados: Alzamendi, Héctor Enrique, Juan Funes, Alonso e Roque Alfaro.

Posted by Picasa

sábado, 25 de junho de 2011

UMA EMOÇÃO POSITIVA QUE NÃO TEM PREÇO

Ver estas duas aí, e ainda por cima, juntas, é uma emoção positiva que não tem preço. Elas fazem parte da minha vida há muito tempo, mas não vou dizer exatamente há quantos anos para não "entregar" a idade de ninguém. Só sei que elas têm a mesma idade e não se desgrudam desde os 11 anos.
E mesmo que eu fique bastante tempo sem encontrá-las , é impossível conter a aceleração dos meus batimentos cardíacos e a minha alegria, talvez não explícita, cada vez que tenho oportunidade de vê-las.
Clóris e Nancy, eu amo vocês!
Nancy & Clóris
Foto Facebook/Clóris Silveira
Posted by Picasa

sexta-feira, 24 de junho de 2011

FUTEBOL NA DOSE CERTA

O Campeonato Gaúcho/2011 terminou para o Pelotas em 10 de abril. De lá para cá são mais de 75 dias sem jogar, e esse tempo ainda vai se estender, pelo menos, até o final de julho. Se houver a tal Copa Rio Grande do Sul, sempre rebatizada pela FGF com outros nomes (geralmente de ilustres desportistas gaúchos do passado), então é possível que tenha jogo - valendo o quê(?), não sei. Se o EC Pelotas não jogar a tal Copa, ou se ela não for realizada em 2011, os portões do Estádio da Boca do Lobo só vão reabrir para jogos oficiais em 2012, ou seja, o auri-cerúleo vai ficar 9 meses sem jogar uma partida oficial.
O mesmo sucederá com a maioria dos clubes gaúchos, exceto com aqueles que disputam ou vão disputar o Campeonato Brasileiro, dentro das séries A, B, C ou D.

Baseado nesta realidade, questiono o calendário do Campeonato Gaúcho, cuja a fórmula e tabela é adaptada à disponibilidade dos times principais da dupla Gre-Nal, que a partir do mês de maio precisam estar livres para cumprirem os jogos do Campeonato Brasileiro.

¿É justo tantos clubes ficarem sujeitos a terem que jogar de janeiro a [no máximo] até o final de abril ou início de maio, prazo implícito para o término do Campeonato Gaúcho?
Estádio da Boca do Lobo, visto pela Rua Anchieta. Ao lado, parte do prédio da churrascaria Lobão.

Penso que o Gauchão, assim como os campeonatos de todos os outros estados brasileiros, poderiam ser transformados em uma das séries do Campeonato Brasileiro, quiçá, uma Série E, que classificaria, por exemplo, 4 (quatro) clubes para a Série D do ano seguinte. Jogariam a tal Série E (ex-campeonato estadual) os clubes que não estivessem envolvidos nas demais séries do Campeonato Brasileiro. Isto quer dizer que, nos dias atuais, Internacional, Grêmio (Série A), Brasil de Pelotas, Caxias (Série C), Cerâmica, Juventude e Cruzeiro (Série D), não jogariam o ex-Campeonato Gaúcho, que seria transformado em um grupo da Série E, e poderia ser desenvolvido, por exemplo, de março a novembro. Os meses de janeiro e fevereiro ficariam só para a pré-temporada; o mês de dezembro seria o das férias dos atletas.
Todos os clubes jogariam o ano todo, e com objetivos bem definidos, sem mais invenções.
Diante destes argumentos pergunto a quem interessar possa:
  1. ¿Que vantagens existem por trás dos formulismos até hoje adotados pelas federações estaduais [e aceitos pelos dirigentes dos clubes] para manterem seus campeonatos - chamados de "laboratório" pelas grandes equipes - e que só podem ser disputados até o final do mês de abril de cada ano?
  2. ¿Por que não integrar todos os campeonatos do Brasil, de forma a manter a maioria dos clubes em atividade produtiva durante o ano todo?
Posted by Picasa

¿VOCÊ SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?

Esta aqui é parte de uma palestra proferida em 2007 por Mário Sérgio Cortella, filósofo, mestre e doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, e professor-titular do Departamento de Teologia e Ciências da Religião e da pós-graduação em Educação.

Colaboração Lu Costa

quinta-feira, 23 de junho de 2011

O "SALA DE REDAÇÃO" EM PELOTAS - parte III

Fãs ardorosos, dentre eles eu [que estava por trás da lente da câmera], acompanham a saída do jornalista, escritor e comentarista Kenny Braga, extremamente atencioso com todos os que dele se acercaram. Ele - assim como o Adroaldo Guerra Filho - distribuiu inúmeros autógrafos e ficou por ali, conversando com a galera.
Apesar de ser gremista de carteirinha, sempre admirei o Kenny - torcedor-símbolo do Internacional - imaginando ser ele um ser humano extraordinário. Pois não me enganei.
E para completar, o homem é lá da fronteira, ou seja, é meu vizinho de campo - Bagé é ali ao lado.
Posted by Picasa

AS CARIOCAS: JÚLIA, A ADÚLTERA DA URCA - parte I

Uma seleção de famosas desfilou na mini-série "As Cariocas", exibida pela Rede Globo em outubro/2010, e inspirada nos contos de Sérgio Porto, que retratam mulheres com belezas distintas e hábitos simples, porém diferenciados.
Impossível negar que a minha preferida foi "A Noiva do Catete (partes I, II e III)", já apresentada por aqui.
Desta vez quem entra em cena é "A Adúltera da Urca". Confiram a seguir.

AS CARIOCAS: JÚLIA, A ADÚLTERA DA URCA - parte II

AS CARIOCAS: JÚLIA, A ADÚLTERA DA URCA - parte III

quarta-feira, 22 de junho de 2011

DESCARTANDO O LIXO COMO SE DEVE

Barcelona ensina como descartar [e reaproveitar] o lixo doméstico, sem agressões ao meio ambiente e à estética urbana. Podia ser assim por aqui.
A reportagem é de Marcos Losekann para o Jornal Nacional.
Colaboração Lu Costa

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS CONFERE UMA MEDALHA A ...

Por Denise B. A. M. F. Bechuetti

Adoro Ronaldinho Gaúcho, mas lá no campo, fazendo o que ele sabe fazer com maestria. Não concordo que ele seja um "peladeiro", como diz o distinto aí, mas de resto...


terça-feira, 21 de junho de 2011

O "SALA DE REDAÇÃO" EM PELOTAS - parte II

O "Sala de Redação" esteve animado na sua última edição itinerante em 2011. A área central da Praça Coronel Pedro Osório, em Pelotas, RS, foi tomada por ouvintes e fãs do Guerrinha, do Cacalo, do Kenny, do Lauro e do Wianey. Faltou o professor Ruy.
O programa, com áudio na íntegra na postagem anterior, foi conduzido pelo "maestro" Lauro Quadros, e teve participação ativa do público, inclusive no palco.
Eu também estive lá e participei como coadjuvante nesta foto aí, onde aparecem o Adroaldo Guerra Filho e o Josué Amaral (22), que veio lá de São Joaquim, SC, para estudar Medicina na Universidade Católica de Pelotas.
Posted by Picasa

O "SALA DE REDAÇÃO" EM PELOTAS - parte I

2011, 21 de junho. O programa de rádio mais popular do estado do Rio Grande do Sul esteve em Pelotas nesta terça-feira, 21 de junho.
Faltavam poucos minutos para começar o inverno quando os maiores astros do futebol gaúcho, os componentes do "Sala de Redação", que vai ao ar pela Rádio Gaúcha, das 13 às 14 horas, se despediram, não sem antes distribuirem autógrafos e posarem para fotos.
Marcaram presença o Lauro Quadros, o Kenny Braga, o Adroaldo Guerra Filho, o Luís Carlos Silveira Martins e o Wianey Carlet. Faltou o professor Ruy Ostermann que tinha um compromisso inadiável em Passo Fundo, RS.
Na sequência, abaixo, o áudio do programa.
Áudio

O DILÚVIO CHINÊS

E tem chuva para todos os gostos. Ela começou no início do mês de junho e vem dando pouca trégua aos chineses.
Este aí, no desespero, se agarrou do jeito que dava, unindo o útil [e necessário] ao agradável.
Nas regiões leste, sul, sudoeste e central da China, a maior inundação que se tem notícia desde 1955, já matou mais de 100 pessoas, e outras duas centenas estão desaparecidas.
¿Me diz, p'ra que usar a sombrinha?
Afora isto, o excesso de chuva afetou ao todo cerca de três milhões de pessoas, destruindo mais de duas mil casas e provocando a evacuação de 244 mil pessoas.
A virada da estação por lá não está dando trégua.
E quando o ônibus estacionar, os candidatos a passageiros vão tomar "aquele" banho!
Fotos Associated Press
Fonte Pravda
Posted by Picasa

segunda-feira, 20 de junho de 2011

VOYAGE EN FRANCE

Aqui a sugestão é colocar a tela em full screen para uma viagem aérea a partir dos Alpes, passando pelo Vale do Loire, os castelos de Chenonceau (sobre o Rio Cher) e de Chambord, o Mont Saint-Michel, as praias do desembarque aliado na Normandia, o memorial do cemitério americano da II Guerra Mundial e um aqueduto romano, usado como ponte sobre o rio Gard.
O avião é um Pilatus suíço, primo do nosso Tucano da Embraer, e a narração é em inglês.
Colaboração Lu Costa

A CORRIDA ESPACIAL VI

1968, 11 de outubro. Acelera-se a corrida espacial. Americanos e soviéticos lançam no mesmo dia a Apollo VII e a Zond VI, respectivamente. A Apollo VII foi a primeira nave tripulada da série. Walter Schirra (New Jersey/EUA, 12/03/1923 — La Jolla/San Diego/California/EUA, 03/05/2007), Donn Eisele (Columbus/Ohio/EUA, 23/06/1930 — Tóquio/Japão, 02/12/1987) e Walter Cunningham (Creston/Iowa/EUA, 16/03/1932) realizaram 175 órbitas em torno da Terra e fizeram manobras de acoplamento com o estágio S-4B da nave Apollo, simulando um acoplamento com o módulo lunar. Tudo funcionou às mil maravilhas.
Entrementes, a nave Zond realizava um vôo de circunavegação lunar, chegando a 2.400 Km de distância da Lua, obtendo fotos do satélite com o objetivo de elaborar um Atlas da Face oculta da Lua. "A Zond 6 utilizou uma técnica de reentrada diferente, chamada de duplo salto (entrada na atmosfera sobre a Antártida, redução da velocidade de 11 km/segundo a uma velocidade suborbital, e então uma reentrada final sobre o território soviético), mais propícia para seres humanos, o que causaria uma desaceleração entre 4 e 7 Gs, ao invés dos insuportáveis 20 Gs." (História da Conquista Espacial - Karl H. Benz).
Foto P. Pesavento collection

Este é Um cartaz produzido especialmente para a missão Zond 6, apresentado ao diretor de vôo Oleg Bychkov, em Moscou.
Logo após o retorno da Zond 6, os cosmonautas que treinavam para futuras missões de circunavegação lunar, escreveram e assinaram uma carta conjunta ao Politburo, solicitando aprovação para uma missão lunar tripulada em dezembro de 1968.

Soyuz II e Soyuz III
O lançamento da Soyuz II, previsto para 24 de abril de 1967, foi adiado devido às falhas apresentadas pela Vostok I, naquele mesmo período. Um ano e meio depois, em 25 de outubro de 1968, ela foi lançada sem tripulantes, e com o objetivo de realizar algumas manobras espaciais. No dia seguinte subiu sua "irmã gêmea", a Soyuz III, que foi o primeiro vôo tripulado Soyuz que deu certo, mas até por aí. Malogrou a tentativa de acoplamento com a Soyuz II porque o controle manual, acionado pelo astronauta Georgi Beregovoy (Fyodorovka/Poltava Oblast/Ucrânia/URSS, 15/04/1921 — Moscou/Rússia, 30/06/1995), entrou em conflito com a orientação do sistema automático de acoplamento.

Entre sucessos e fracassos, daria para dizer que faltava muito pouco para a URSS e os EUA conseguirem mandar um homem à Lua antes do final da década de 1960. Os soviéticos, no entanto, apesar de parecerem estar à frente na disputa, enfrentavam sérios problemas no retorno de suas naves, como o risco de despressurização da cabine de comando e a abertura prematura dos pára-quedas.

1968, 21 de dezembro. Os americanos lançam a missão Apollo VIII, impulsionada por um foguete Saturn V, tripulada por Frank Borman (Gary/Indiana/EUA, 14/03/1928), James Lovell (Cleveland/Ohio/EUA, 25/03/1928) e William Anders (Hong Kong, 17/10/1933). Foi a primeira missão tripulada a orbitar a Lua, num total de 10 órbitas. "Após a decolagem, a nave Apollo, ainda conectada ao estágio S-4B, realizou 2 órbitas ao redor da Terra; em seguida, o estágio S-4B foi acionado (este teste de religamento havia falhado durante o vôo não tripulado da Apollo 6) e impulsionou a Apollo 8 em direção à Lua, num vôo com duração de 66 horas.
Ao chegar nas proximidades da Lua, a Apollo acionou seu motor para desacelerar, e conseguiu entrar em órbita lunar. Após as 10 órbitas, a tripulação acionou novamente o motor e retornou à Terra. O pouso ocorreu normalmente. A duração da missão foi de 6 dias." (História da Conquista Espacial - Karl H. Benz).

domingo, 19 de junho de 2011

PREPARANDO O TERRENO

Aqui a natureza resolveu disparar o alarme para a troca de estação. A frente fria que veio lá das bandas do Uruguay, trouxe uma chuva que começou forte na madrugada de sábado para domingo, aliviou um pouco sua intensidade no final da manhã, mas continuou durante todo o dia.
No início da tarde de domingo (19/06/11) uma das ruas perpendiculares à - em processo interminável de duplicação - ERS-734, em Rio Grande, RS, estava assim. Ocultos, buracos capazes de esconder meia roda de bicicleta aro 26.
Posted by Picasa

INVERNO

2011, 21 de junho. Às 17:16 horas (GMT) desse dia o eixo da Terra chegará à [máxima] inclinação de 23º e 26' 16" em relação a uma imaginária linha vertical que seria perpendicular à incidência dos raios solares sobre o planeta. Um determinado lugar da Terra, estabelecido exatamente sobre o trópico de câncer, paralelo (23° 26′ 16" N) que delimita a zona tropical no hemisfério norte, receberá o chamado "sol a pino" (sem sombra projetada), quando o relógio solar do local marcar exatamente meio-dia.
Examinando-se, a grosso modo, um atlas geográfico, é possível perceber que as tais 17:16 horas de Greenwich vão corresponder ao meio-dia em alguma ilha das Bahamas, ou sobre o oceano, naquelas imediações. Portanto, é por lá que o Sol, num determinado instante, vai incidir exatamente na perpendicular sobre o planeta.

Esta é uma forma [um tanto exagerada, exibicionista ou exótica] de informar que nessa data começa o verão no HN e, consequentemente, o inverno (brrrr!) aqui no HS. O pessoal da região sul (RS, SC e PR) que o diga.
E já estou me preparando para temperaturas bem baixas, se levarmos em conta as previsões dos climatologistas brasileiros. Só não precisa ser assim como dá a entender esta foto [enviada pela Lu Costa] - uma amostragem de temperatura negativa (-35ºC), característica dos invernos no Casaquistão.
Posted by Picasa

sábado, 18 de junho de 2011

TEMPO PERDIDO - ALINNE MORAES & WAGNER MOURA

Cá p'ra nós, a Alinne Moraes não canta nada. Mas deixemos de lado a performance vocal da atriz e apreciemos, de um modo geral, o video-clip do filme " O Homem do Futuro" que estreia em 02 de setembro em um cinema próximo(?) da sua casa.
Música Tempo Perdido
Autor Renato Russo [& Legião Urbana]
Performance Alinne Moraes & Wagner Moura

sexta-feira, 17 de junho de 2011

EDIFÍCIO AVENIDA - BAGÉ, RS

Não sei em que ano foi dado por concluído o Edifício Avenida [em Bagé, RS], mas quando eu dei por conta da minha própria existência, ele já estava lá, e com um certo desgaste na pintura.
Este flagrante veio [pelo túnel do tempo] lá de 1965 e ...
..., pelos trajes leves, a disposição dos ponteiros do relógio (levando-se em conta que ele estivesse funcionando e ajustado pela hora de Brasília), o comprimento e direção das sombras, é possível concluir que era verão, e forçando um pouco - também em função da projeção das sombras - dá para descartar os meses de fevereiro e março. Assim, considerando-se o horário de verão, ou estávamos no mês de janeiro, ou lá no fim do ano, em dezembro.

Origem da foto Slides "Bagé, 200 Anos - Sua História, Tradições e Cultura - b.IV/p.IV
Colaboração Nancy S. Q. do Canto
Posted by Picasa

ASSALTO AO BANCO CENTRAL

2005, 06 de agosto. Milhares de reais foram gastos no planejamento do maior assalto a Banco da história do Brasil. Ao todo foram roubados R$ 164.700.000 do Banco Central de Fortaleza, CE, sem haver disparos de tiros, nem alarmes. Um túnel de 84 metros, cavado sob o cofre, em três meses de operação, permitiu que os ladrões carregassem 3 toneladas de dinheiro, e as perguntas que pouca gente consegue responder são: quem eram essas pessoas? e o que aconteceu com elas depois?

Inspirado nesse episódio, o filme "Assalto ao Banco Central" enquadra o caso desde a preparação da quadrilha, até os bastidores da investigação realizada pela Polícia Federal. É lá que podem estar as respostas.
Veja o trailer, abaixo.
Fonte Luciano Huck/Facebook

PORTO ALEGRE, ANOS 70

A Lu Costa nos remeteu várias imagens da Porto Alegre um pouco mais antiga, lá da década de 1970. E, dentre outras recomendações, escreveu: "Para quem não viveu nessa época e, para os bons saudosistas, remeto imagens de PORTO ALEGRE de 1970, uma maravilha para recordar."
Começo com esta aí, mais fácil de ser identificada porque aparece, em perspectiva isométrica, ao fundo, o Cinema Lido, à época já transformado em Lido/sala 1 e Lido/sala 2, que fica na Av. Borges de Medeiros, 475.

Foto Henri

Dá para se ter uma idéia sobre o período da foto, observando-se: o anúncio de propaganda da Panvel, que surgiu em Porto Alegre em 1973; o cartaz do filme O Exorcista, produzido também nesse ano, e lançado no Brasil em 1974; e os fuscas-táxis, anteriores ao modelo fusca-fafá, lançado em 1980.
Não sei precisar o ano do Opala, estacionado atrás do fusca branco-pérola/1968, o que poderia ajudar a enquadrar o flagrante à sua real linha de tempo, mas já se sabe que o período da foto fica entre 1974 e 1980.

Colaboração Lu Costa
Posted by Picasa

SOWETO

1976, 16 de junho. Tudo que começou nesse dia teve como causa a discriminação racial. O Soweto era uma espécie de cidade-dormitório para negros que trabalhavam em Johannesburgo. Os jovens negros do lugar não estavam contentes com a imposição do idioma afrkaans (língua dos brancos), exigida nas escolas em, no mínimo, 50% do conteúdo curricular. Além disso tinham que pagar por seus estudos em colégios com turmas superlotadas, cujos professores eram [na sua maioria] desqualificados. Os jovens brancos, em contrapartida, frequentavam boas escolas públicas, gratuitas.

Assim, alguns jovens começaram a deixar de assistir as aulas e, em pouco tempo, milhares de alunos de sete escolas passaram a fazer o mesmo.

Em meio às canções de liberdade entoadas pelos estudantes, a polícia resolveu agir da pior maneira, e um estudante de 13 anos acabou morto com um tiro. Esse foi o resultado do primeiro dia da revolta estudantil no Soweto.
No dia seguinte o número de alunos mortos e feridos na passeata, como resultado da intervenção de uma polícia branca desastrada e truculenta, aumentou: foram 15 mortos e cerca de 200 feridos.
Após alguns dias, a revolução já não era apenas dos jovens, mas de todos os que acreditavem em uma vida melhor para os negros.

O flagrante acima revela parte do chamado Massacre de Sharpeville, ocorrido em 21 de março de 1960 - 16 anos antes da revolta do Soweto - "quando a polícia abriu fogo sobre civis negros que protestavam contra as leis do passaporte que eles consideravam discriminatórias. As leis de passaporte restrigiam-lhes o acesso a determinadas áreas e obrigavam-nos a trazer sempre os passes. Nesse massacre morreram 69 pessoas e 178 ficaram feridas". (Wikipédia).

O Soweto se tornou um símbolo internacional contra o racismo onde os negros, oprimidos pela minoria branca racista, nunca desistiram de buscar seus direitos de cidadãos sul-africanos.
Soweto - Djavan

"A segregação racial na África do Sul teve início ainda no período colonial, mas o apartheid foi introduzido como política oficial após as eleições gerais de 1948. A nova legislação dividia os habitantes em grupos raciais (negros, brancos, de cor, e indianos), segregando as áreas residenciais, muitas vezes através de remoções forçadas. A partir de 1958, os negros foram privados de sua cidadania, tornando-se legalmente cidadãos de uma das dez pátrias tribais autônomas chamadas de bantusões, quatro das quais se tornariam estados independentes de fato. A essa altura, o governo já havia segregado a saúde, a educação e outros serviços públicos, fornecendo aos negros serviços inferiores aos dos brancos."
(Wikipédia)

quarta-feira, 15 de junho de 2011

IGREJA MATRIZ DE SANTA BÁRBARA - ENCRUZILHADA DO SUL, RS

A Igreja Matriz de Santa Bárbara foi projetada e edificada, a partir de 1866, pelo construtor francês Francisco Haillot, que infelizmente faleceu antes de concluir o trabalho. Ele foi enterrado em terras encruzilhadenses, no cemitério que existiu no local onde hoje é a Escola Barão do Quarai.
O projeto original previa duas torres, mas os recursos não eram suficientes, o que levou os responsáveis pelo projeto a simplificar a obra, optando por completá-la com uma torre apenas. A última etapa da construção foi concluída, em 1889, pelo italiano Antonio Labriola, que residia no município.

Imagem registrada em 26/01/2011, às 10:59 horas.
Posted by Picasa

IGREJA MATRIZ DO DIVINO ESPÍRITO SANTO - JAGUARÃO, RS

Dizem que a Igreja Matriz do Divino Espírito Santo, em Jaguarão, RS, começou a ser construída em 1847 e só foi concluída em 1875. Ela possui altares esculpidos a mão e imagens vindas de Portugal, e mantém suas linhas arquitetônicas originais.


A imagem acima é de baixa resolução e foi registrada [quase ao acaso] em 09/12/2010, às 13:02 horas.
Posted by Picasa

terça-feira, 14 de junho de 2011

COBERTORES PARAHYBA

O Luiz Carlos Vaz publicou em seu blog Velha Guarda do Colégio Estadual de Bagé, um comercial super-popular das Casas Pernambucanas, que dava no rádio e na TV lá pelos idos dos anos 60 e começo dos anos 70. Como uma coisa puxa outra, achei este aí dos Cobertores Parahyba que também era daquele tempo, e ia ao ar entre 9 e meia e 10 horas da noite. Era a senha para a criançada ir dormir. Lá em casa, algumas vezes, a "ordem" era seguida ao pé-da-letra.

A EVOLUÇÃO DAS ARMAS DE GUERRA DO SÉCULO XX

Este documentário foi publicado anteriormente em http://www.combatemilitar.blogspot.com/.
YouTube/

ROCK WITH YOU - FERNANDA ABREU

Esta é do Michael, mas quem interpreta [quase em ritmo de bossa-nova] é Fernanda Abreu.

domingo, 12 de junho de 2011

O VERÃO "DA LATA!"

1987, 22 de setembro. A embarcação de bandeira panamenha Solana Star, que havia partido da Austrália e feito escala em Cingapura, rumava em direção à costa leste dos Estados Unidos, carregando cerca de 20 mil latas, com 1 litro e 1/4 de suco de frutas, cada.
Um mês antes a Polícia Federal do Rio de Janeiro foi informada pela DEA (Drug Enforcement Agency) - agência anti-drogas norte-americana - de que a bordo do Solana Star havia um carregamento um tanto suspeito de latas de suco de frutas. A DEA queria que a polícia brasileira interceptasse o navio se ele passasse ao largo da costa.
Desconfiados de que estavam sendo seguidos pela DEA, os tripulantes do Solana Star ultrapassaram a barreira das 200 milhas e, em silêncio de rádio, ingressaram em águas brasileiras.

“Começamos o trabalho, mas naquela época os recursos eram bem escassos, se comparados aos dias atuais. Então procuramos a Marinha. Eles colocaram uma fragata da armada à nossa disposição, e montamos uma equipe de 15 homens a bordo”, lembra o delegado federal Antônio Rayol, um dos responsáveis pelo caso na época. A missão de rastreamento da Marinha durou dez dias, mas não teve êxito.
O Solana Star

A cerca de 100 milhas da costa de Angra dos Reis, uma carga de 20.000 latas de alumínio, com 1 Kg e 100 gramas cada, foi jogada ao mar pelo Solana Star. A Marinha conseguiu recuperar 2.439 latas, mas o resto da carga ficou à deriva, à mercê do vento e das marés.
Como não havia mais razão para seguir viagem até os Estados Unidos, o navio ancorou no Rio de Janeiro, e seus tripulantes deixaram a embarcação, não sem antes dizerem a Stephen Skelton, o cozinheiro, único que ficou a bordo, que iriam sair para fazer compras. Até hoje não se sabe quem são e para onde foram.

Levadas, ou melhor, trazidas pelas correntes marítimas, as latas [fechadas a vácuo] foram chegando aos poucos ao litoral brasileiro, e uma vez descoberto o seu real conteúdo, muita gente fez a festa.

Dezembro de 1987. O surfista José Carlos Maciel caminhava pela praia em Ubatuba (SP), prestes a iniciar sua sessão de treinamento. O encontro com um amigo pescador que voltava do mar deu origem a este depoimento para Airton Rolim, repórter da Revista Ragga, em 2009: "Todos os dias, ele checava sua rede logo cedo. Naquela manhã, viu umas latas ao lado de seu barco, depois outra e mais outra, até que encontrou muitas. Achou que era leite em pó e pegou uma. Abriu e cheirou, era marrom e adocicado. Não acreditou... Pensou que fosse algum tipo de pegadinha. Depois de olhar muito para os lados, agradeceu a Deus e a todos os Santos. Era maconha!"
O que tinha nas latas

A droga era mais forte do que a que se vendia no Brasil, e ganhou fama entre os usuários pelo efeito entorpecente poderoso. Conseguir uma amostra de Cannabis sativa oriunda de uma daquelas latas era uma garantia de qualidade, assim, a expressão "Esta é da lata!" foi incorporada às demais gírias da época, significando que se estava diante de um produto de boa procedência.

Entre setembro de 1987 e março de 1988 uma das diversões prediletas dos jovens entre o litoral do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, foi procurar as tais latas que chegavam [aos montes, mas aleatoriamente] às praias.
O "verão da lata" que nunca foi esquecido por gaúchos, catarinenses, paulistas e fluminenses - não se tem notícias da passagem das latas pelo litoral paranaense - acabou virando filme - dirigido por João Falcão - e livro - "O Verão da Lata", de Oscar Cesarotto, editora Iluminuras, 2005.


Post Scriptum: O navio Solana Star, apreendido no Porto do Rio de Janeiro, foi leiloado e adquirido por uma empresa que pretendia transformá-lo em um iate de luxo para abrir nele um cassino flutuante. Eles apostavam na reabertura do jogo no Brasil, o que na época estava sendo discutido. O jogo não foi liberado e o navio foi revendido a uma empresa de pesca de atum, sendo rebatizado como Tunamar.
Em 11 de outubro de 1994, após enfrentar fortes ondas na costa de Cabo Frio, o Tunamar afundou, vitimando de morte duas pessoas.
Ouve-se dizer atualmente, que nos porões do navio, à 65 metros de profundidade e 22º 59,566’ Sul/ 41º 57,440’ W, ainda podem ser encontradas algumas latas do famoso carregamento.

Posted by Picasa

sexta-feira, 10 de junho de 2011

ÂNGELO ANDA SUMIDO - partes I e II

Dois velhos amigos se reencontram e combinam de jantar juntos, mas em seguida voltam a se perder num labirinto de grades, cercas e muros de Porto Alegre.

Direção: Jorge Furtado
Tipo: Ficção
Formato: 35mm
Ano Produção: 1997
Origem: Brasil (RS)
Cor / PB: cor
Duração: 17 min.
Prêmios: Melhor Direção de Arte - Festival de Gramado 1997; Prêmio Especial (Curta Gaúcho) - Festival de Gramado 1997; Melhor Direção de Arte - Vitória Cine Vídeo 1997.

Elenco: Sérgio Lulkin, Antônio Carlos Falcão, Carlos Cunha, Leverdógil de Freitas
Roteiro: Rosângela Cortinhass, Jorge Furtado
Fotografia: Alex Sernambi
Direção de Arte: Fiapo Barth
Som: Cléber Neutzling
Edição de Som: José Luís Sasso
Música: Léo Henkin
Trilha Sonora: "Baladas" - Nei Lisboa
Montagem: Giba Assis Brasil
Produção Executiva: Nora Goulart, Luciana Tomasi
Produção: Leandro Klee
Produtora: Casa de Cinema de Porto Alegre

Parte I


Parte II

quinta-feira, 9 de junho de 2011

¿KAKÁ VAI VOLTAR À SELEÇÃO?

Em 2014 o meia-atacante Kaká vai estar com 32 anos. Em condições normais de temperatura e pressão - diriam os meteorologistas - ele tem boas chances de poder jogar a Copa do Mundo. Depende bastante dele próprio e, principalmente, do técnico que estiver à frente da seleção brasileira.
Na temporada 2010/2011 ele teve muitos problemas relacionados ao agravamento de lesões no músculo adutor (parte interna da coxa) e no joelho, após sua participação na Copa da África do Sul.
O Real Madrid apostou na recuperação do Kaká, mas até agora ele - a meu ver - não conseguiu voltar à sua performance habitual. Penso que vai conseguir, e ainda pelo Real Madrid, embora haja especulações relacionadas a um troca-troca entre Real Madrid e Internazionale [de Milano/Itália] - Kaká por Maicon.

E projetando a seleção brasileira para 2014, acredito que depender [do meio para a frente] só do Neymar (Santos FC) e do Lucas (São Paulo FC), que vão estar com 22 anos, e do PH Ganso, com 25, é pouco. Vamos precisar de jogadores com muita experiência também.
Volta, Kaká!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

ANNÉES ÉROTIQUES

O historiador francês Patrick Buisson, em seu livro "1940/1945 - Années érotiques (tome 2) - De la Grande Prostituée a la revanche dês mâles", lançado em 2009, revela detalhes inéditos referentes à prostituição durante a II Guerra Mundial, onde cerca de 100 mil mulheres francesas viraram prostitutas de ocasião durante a ocupação alemã, entre 1940 e 1945.

Naqueles tempos difíceis, oficiais e soldados da Wermacht aproveitavam da melhor maneira suas horas de licença, pois a guerra guardava muitas incertezas. Algumas mulheres da França ocupada pensavam da mesma forma e, unindo suas necessidades à oportunidade, ou vice-versa, deixavam-se cortejar pelos soldados alemães engomados em suas fardas cinzentas, numa versão francesa de "Dormindo com o Inimigo". Só que nada disso era ficção e, na seqüência, muitas delas deram a luz a filhos bastardos - foram cerca de 200 mil crianças, segundo Buisson - e depois da ocupação, algumas dessas mulheres pagaram o preço - inclusive com suas vidas - por colaborarem com os nazistas.
Um soldado alemão "joga sua conversa" a uma parisiense, tendo como pano de fundo a Torre Eifell. Ao mesmo tempo em que desvia o olhar, quiçá sentindo certo embaraço ao ser fotografada, ela mantém os ouvidos atentos ao seu interlocutor. É possível que seus caminhos já tenham se cruzado outras vezes.
Posted by Picasa

terça-feira, 7 de junho de 2011

WALT DISNEY JÁ SABIA

Por Paccelli Zahler
O Walt Disney já sabia. Ele previu tudo com detalhes!

Posted by Picasa

CORREIO DA HORA - O JORNAL DO FUTURO

Este é o segundo número do jornal Correio da Hora. O primeiro foi ensaiado há uns dois anos, nós não chegamos a divulgá-lo na web, e ele se perdeu dentre os tantos BUGs em HDs que tivemos.
Este aqui, concebido em abril/2011, ainda é quase inédito, pois a poucas pessoas foi encaminhado via courrièl.
O ano é 2036, e o exemplar sai, como pão quente, direto da fonte, através deste blog.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A PLAYMATE DO MÊS DE JUNHO

Gloria Walker é a protagonista da Playboy americana do mês de junho ...

PLAYBOY®, PLAYMATE OF THE YEAR® and PLAYMATE OF THE MONTH®
are registered trademarks of Playboy Enterprises, Inc.

... de 1956.


Esta modelo e atriz nasceu no Bronx, New York, em 16 de julho de 1937, e aí, prestes a completar 19 anos, estava em plena forma, como bem dá para observar.

PERIGO NO AR

Foto AFP/GETTY

2011, 04 de junho. O complexo vulcânico Puyehue, no sul do Chile, entrou em erupção, lançando fumaça e cinzas para o céu. Mais de 3.500 pessoas que vivem nas proximidades tiveram que abandonar suas casas.
As autoridades chilenas, inicialmente, disseram que a erupção era no vulcão Puyehue. Mais tarde, porém, constataram que a erupção estava ocorrendo cerca de 4 Km adiante do pico da montanha. A coluna de fumaça, gás e cinzas chegou à altura de 9.600 metros, abrangendo, já no nascedouro, 4.800 metros de diâmetro.
Previdentes, as companhias aéreas argentinas suspenderam seus vôos entre Buenos Aires, San Carlos de Bariloche, Neuquén e Rio Gallegos, pois as cinzas vulcânicas, compostas por partículas minerais com cerca de 2 mm de diâmetro, misturadas a nuvens de vapor d’água e gases tóxicos de diversos tipos, tornam-se ácidos de efeitos corrosivos perigosos, podendo corroer qualquer tipo de estrutura de aeronaves, além de contaminar o interior das mesmas.
Para piorar, em contato com os motores dos aviões, os quais à velocidade de cruzeiro atingem temperaturas em torno de 700 ºC, as cinzas vulcânicas se transformam em uma mistura pastosa, aderindo aos componentes dos mesmos. O resultado não é nada menos do que um desastre.
Posted by Picasa

SANTOS F. C., 1963

Quem dera fosse minha [e dedicada a mim] esta foto com os autógrafos de todos estes grandes jogadores e, dentre eles, o "rei". Na verdade ela veio do blog do Milton Neves.
Nestes tempos difíceis, onde não há [sequer] um time no Brasil capaz de jogar um futebol de encher os olhos das torcidas, resta-nos admirar, por exemplo, o Santos, de Pelé e outros astros, bi-campeão mundial que jogava, em geral, com esta formação: Gilmar; Lima, Mauro e Dalmo; Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.
De pé: Lima, Zito, Dalmo, Calvet, Gilmar e Mauro.
Agachados: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.
Posted by Picasa