quarta-feira, 8 de junho de 2011

ANNÉES ÉROTIQUES

O historiador francês Patrick Buisson, em seu livro "1940/1945 - Années érotiques (tome 2) - De la Grande Prostituée a la revanche dês mâles", lançado em 2009, revela detalhes inéditos referentes à prostituição durante a II Guerra Mundial, onde cerca de 100 mil mulheres francesas viraram prostitutas de ocasião durante a ocupação alemã, entre 1940 e 1945.

Naqueles tempos difíceis, oficiais e soldados da Wermacht aproveitavam da melhor maneira suas horas de licença, pois a guerra guardava muitas incertezas. Algumas mulheres da França ocupada pensavam da mesma forma e, unindo suas necessidades à oportunidade, ou vice-versa, deixavam-se cortejar pelos soldados alemães engomados em suas fardas cinzentas, numa versão francesa de "Dormindo com o Inimigo". Só que nada disso era ficção e, na seqüência, muitas delas deram a luz a filhos bastardos - foram cerca de 200 mil crianças, segundo Buisson - e depois da ocupação, algumas dessas mulheres pagaram o preço - inclusive com suas vidas - por colaborarem com os nazistas.
Um soldado alemão "joga sua conversa" a uma parisiense, tendo como pano de fundo a Torre Eifell. Ao mesmo tempo em que desvia o olhar, quiçá sentindo certo embaraço ao ser fotografada, ela mantém os ouvidos atentos ao seu interlocutor. É possível que seus caminhos já tenham se cruzado outras vezes.
Posted by Picasa

Nenhum comentário: