domingo, 5 de junho de 2011

TRABALHANDO NUS

O ambiente na Staff, uma pequena agência inglesa de marketing, era um inferno. Desentendimentos eram frequentes entre os funcionários. A crise global e a possibilidade de demissões tornavam o clima ainda mais tenso.
Para tentar resolver o problema, a direção da empresa procurou o psicólogo David Taylor.
O profissional [ven]deu aos diretores um estranho conselho: "os funcionários devem trabalhar nus uma vez por semana".
A solução causou espanto entre os diretores, mas foi levada ao conhecimento dos servidores da empresa.
Desse modo, a Staff criou o Naked Friday (Sexta-Feira do Nu), ou seja, os funcionários que concordassem trabalhar sem suas roupas às sextas-feiras, poderiam fazê-lo.
Ao contrário do que se poderia pensar, a maioria aceitou a proposta. E, pasmem: a receita do tal psicólogo funcionou.
“Agora há mais camaradagem entre nossos funcionários; eles passaram a confiar uns nos outros”, afirmou Sam Jackson, um dos diretores da agência.
A experiência, iniciada em abril/2009 foi filmada e exibida pelo canal de TV a cabo Virgin 1.
Assim ...
... em maio/2010, um grupo de atores ingleses, formado por dois homens e duas mulheres calçando [apenas] meias e sapatos, circulou por algumas estações do metrô de Londres, promovendo o seriado de TV "The Naked Office", que propõe que homens e mulheres de uma determinada empresa trabalhem nus.
O trabalho de divulgação foi feito em várias estações, sem que os atores tivessem sido interpelados pela polícia ou pelos agentes de segurança do metrô.
Era importante que eles se comportassem de maneira natural, ignorando olhares e opiniões de companheiros de viagem.
Os participantes (dois homens e duas mulheres) foram divididos em pares. Eles fizeram sua viagem habitual [através do metrô] para o seu local de trabalho; pastas executivas ou bolsas foram os únicos acessórios usados para cobrir suas partes mais íntimas.
Especialistas em crescimento pessoal acreditam que esse tipo de comportamento possa ajudar os trabalhadores de escritório a se tornarem mais resistentes a situações estressantes, assim como ensiná-los a trabalhar em equipe.

Fico imaginando o esforço que as outras pessoas (as que estavam de roupa) tiveram que fazer para conter a vontade de dar uma olhadinha a mais ou disfarçar suas expressões de espanto.
Comentem.
Posted by Picasa

Nenhum comentário: