quarta-feira, 13 de julho de 2011

13 DE JULHO, DIA INTERNACIONAL DO ROCK

1985, 13 de julho. Bob Geldof, vocalista da banda Boomtown Rats, organizou o Live Aid, considerado o maior show de rock da história, reunindo artistas de rock e da música pop.

Nesse evento, nomes de peso da música internacional contribuíram com seu talento com o objetivo de conseguir fundos para amenizar a miséria e a fome dos países da África. Dois shows foram realizados: um no Wembley Stadium de Londres (Inglaterra); outro no JFK Stadium na Filadélfia (EUA).

A presença desse elenco de megastars que tinha Paul McCartney, The Who, Elton John, Boomtown Rats, Adam Ant, Ultravox, Elvis Costello, Black Sabbath, Run DMC, Sting, Brian Adams, U2, Dire Straits, David Bowie, The Pretenders, The Who, Santana, Madona, Eric Clapton, Led Zeppelin, Duran Duran, Bob Dylan, Lionel Ritchie, Rolling Stones, Queen, The Cars, The Four Tops, Beach Boys, e outros, levou para a frente da TV cerca de 2 bilhões de telespectadores, espalhados por 140 países.

"No show da Filadélfia, Joan Baez abriu o evento executando 'Amazing Grace', com cerca de 101 mil pessoas cantando em coro o trecho 'eu estava perdido e agora me encontrei, eu estava cego e agora consigo ver'." (portaldorock.com.br)

Em 16 horas o Live Aid conseguiu arrecadar cerca de 100 milhões de dólares, a serem destinados às necessidades dos povos da África.

Posted by Picasa

Nenhum comentário: