domingo, 3 de julho de 2011

O FANTASMINHA LEGAL ANDOU DANDO UM SUSTO POR AQUI

O Fantasminha Legal (Funky Phantom), lançado nos EUA em 1971, e exibido pela TV Difusora, canal 10, de Porto Alegre, RS, durante o restante da década, também era um dos meus desenhos favoritos.

Quase 30 anos depois, o fantasma de Jonathan Wellington Muddlemore ainda foi capaz de assustar meu sobrinho.

Fevereiro de 2000. O pai da minha mulher alugou uma casa de veraneio no balneário Cassino, cujos móveis eram bem antigos. Quando as portas dos roupeiros eram abertas, rangiam como portas de casas mal-assombradas. Durante a noite, quando supostamente, todos dormiam, se alguém tivesse esquecido de fechar uma dessas portas e houvesse qualquer deslocamento de ar, o barulho provocado pelo movimento das mesmas era potencializado pelo silêncio da madrugada, parecendo que a própria casa era capaz de gerar esses efeitos assustadores.

Eu estive lá por uns dois dias, e quando eu me preparava para ir embora, meu sobrinho, então com 10 anos, chegou com a mãe dele. Então eu lhe disse [com cara de riso] que no quarto onde ele ia ficar, tinha um fantasma. Se ele escutasse um barulho de portas rangendo durante a noite, era o "fantasma do Muddlemore" que estava por lá.

Ele nem sabia quem era o tal de Muddlemore, mas convencê-lo a dormir naquele quarto depois que escutou pela primeira vez o barulho assustador das portas, ficou impossível. O guri dormiu cinco dias na sala, e com a luz acesa.

Abaixo, abertura do desenho "Fantasminha Legal".

Fonte YouTube/ClassicTelevisionFan

Nenhum comentário: