quarta-feira, 30 de maio de 2012

OVOS FABERGÉ NO GOOGLE

2012, 30 de maio. O Google desta data faz uma homenagem a Peter Carl Fabergé, que se vivo estivesse estaria completando seus 166 anos.

Na página inicial o buscador deu um jeito de fazer-se ler “google” através das jóias desenhadas e fabricadas pelo artista e joalheiro russo, nascido Karl Socatelli Gustavovitch Fabergé (Rússia, 30/05/1846 – Suíça, 24/09/1920).


Os ovos Fabergé, ficaram famosos por terem sido originalmente concebidos [pela Casa de Fabergé, entre 1885 e 1917] para os czares do império russo. Em tamanho miniatura, passaram também a compor presentes de cunho popular para servirem de adorno em correntes de pescoço.

Mas foram os ovos grandes, feitos de metais preciosos (ouro, prata, cobre e platina) ou pedras duras, decorados com combinações de esmalte, pedras e gemas que ganharam notoriedade e viraram obras-primas da arte joalheira. Desses, sobraram alguns que hoje são disputados por colecionadores espalhados pelo mundo todo.


Para se ter uma ideia do que valem, um deles é o ovo que o czar Nicolau II deu à sua esposa, a imperatriz Alexandra, em 1897. Esculpido em ouro, diamantes e esmeraldas em 15 meses de trabalho, ele está avaliado em US$ 24 milhões.


Este aí, abaixo, é o Ovo de Páscoa Imperial Czarevich (filho do czar), de 1912. Ele se encontra atualmente no Virginia Museum of Fine Arts - Richmond / Virginia / USA.


Para saber mais sobre os tais Ovos Fabergé, siga o link
http://www.girafamania.com.br/europeu/materia_russia-faberge.html.

domingo, 27 de maio de 2012

LARISSA RIQUELME...

... Assim você me mata!

A estreia do Paraguay na Copa do Mundo/2010, em 14 de junho, contra a Itália, marcou a passagem da modelo Larissa Riquelme do quase anonimato dos trabalhos desenvolvidos no seu país e em alguns países da América Latina, para uma glamourosa carreira internacional. Contratada por uma empresa de telefonia móvel durante a Copa/2010, tudo o que ela tinha que fazer era guardar o seu telefone celular no decote durante os jogos da seleção paraguaya, exibidos em um super-telão na Plaza de la Democracia, em Assunción. E assim foi feito.
Fotografada em ação [por Andrés Cristaldo/EFE], com uma mini-baby-look da seleção do Paraguay, imediatamente virou musa do mundo inteiro e da Copa da África do Sul, mesmo sem estar por lá de corpo presente.

Foto mural do Facebook da Larissa

quarta-feira, 23 de maio de 2012

INAUGURAÇÃO DO MSC DIVINA

2012, 26 de maio, 21:00 h GMT. Em alusão à Era dourada das viagens marítimas, a MSC Crociere inaugura o MSC Divina, seu 12º navio de cruzeiros que é uma versão melhorada dos gêmeos MSC Fantasia e MSC Splendida, projetado em parceria com o estúdio De Jorio Design International.
MSC DIVINA, em construção
Imagem meretmarine.com


O batismo, marcado para o porto de Marselha, com a atriz Sophia Loren, madrinha da MSC, e o ator Gérard Depardieu, como mestre de cerimônias, é o início oficial das atividades dessa maravilha flutuante que culmina por ser ela própria o objetivo das viagens.
A viagem pré-inaugural do MSC Divina iniciou em 19 de maio. Ele partiu diretamente dos estaleiros STX Europe, em Saint Nazaire, aportou em Lisboa, Cadiz e, circundando a península ibérica, em Gibraltar, penetrou no Mediterrâneo, aportando em Valência e terminando a sua primeira viagem no porto de Marselha, sua pia de batismo.


Ainda em 19 de maio, durante a tradicional cerimônia de troca da bandeira, as flâmulas do fabricante e da França foram arriadas ao som do hino nacional francês, enquanto o Diretor Geral do STX France, Laurent Castaing, entregou formalmente a embarcação para o presidente da armadora italiana, Gianluigi Aponte, que imediatamente passou o comando do transatlântico ao comandante Giuliano Bossi.


Características Técnicas

Peso: 139.400 toneladas;
Comprimento: 333, 30 m;
Largura: 37,92 m;
Altura: 66,80 m;
superfície: 450.000 m2, com 27.000 m² de áreas públicas;
Decks: 18, sendo 14 para os passageiros;
Elevadores: 26, sendo 17 para passageiros (2 panorâmicos e 1 para o MSC Yacht Club);
Tensão (nas cabines): 110/220 volts;
Velocidade Máxima: 22,99 nós;
Estabilizadores: 2 aletas;
Número de passageiros: 3502 (com base em duas pessoas por cabine);
Número de cabines: 1.751, incluindo 45 pessoas com deficiência;
Tripulantes: cerca de 1.370;
Piscinas: 4, incluindo 1 (uma) com teto retrátil e 1 (uma) para o MSC Yacht Club e 12 jacuzzis;
Tecnologias para proteção ambiental: Tratamento de águas residuais AWT; Energy Saving and Monitoring System; Clean Ship 2.


Para saber mais, siga o link
http://www.msccrociere.it/it_it/Homepage.aspx

segunda-feira, 21 de maio de 2012

UM PRESENTE DE GREGO

1972, feriado do dia 15 de novembro. Como presente de aniversário (77anos, em 17/11) o Flamengo ganhou uma goleada do Botafogo, com direito a um gol de calcanhar do Jairzinho, o seu terceiro nesse jogo e o quinto do Botafogo. Em seguida, 4 minutos mais tarde, ainda viria mais um, para fechar o placar em 6 x 0.

O jogo fazia parte da 20ª rodada [de um total de 25] da primeira fase do Campeonato Brasileiro de 1972. Nessa fase, embora estivessem divididas em quatro grupos distintos [de 6 ou de 7], todas as 26 equipes se enfrentaram entre si, em turno único. Os 4 primeiros de cada grupo foram para a segunda fase e foram dispostos em outros 4 grupos de 4, onde só o primeiro classificado seguiria em frente. E assim chegaram às semi-finais o Internacional, o Palmeiras, o Corínthians e o Botafogo que vinha embalado.
A melhor campanha geral favoreceu o Palmeiras que nem precisou ganhar seus jogos para ser campeão. Um empate em 1 a 1 com o Inter, no Palestra Itália e um empate em zero a zero com o Botafogo, no Morumbi, deram o título de 1972 à SE Palmeiras.


Mas o fato memorável desse campeonato, para mim, foi mesmo o placar de seis a zero que o Botafogo aplicou no Flamengo na tarde do dia 15/11/72, com direito a um "banho de bola" transmitido ao vivo pela Rede Globo.


Os botafoguenses reclamam que os flamenguistas do Canal 100 e da Globo deram sumiço nos arquivos dessa partida. É possível que tenham razão os alvi-negros de General Severiano, pois nunca mais vi qualquer referência, por parte da media esportiva do Rio de Janeiro, a essa memorável jornada botafoguense .

segunda-feira, 14 de maio de 2012

MICK JAGGER VEM AÍ


Taça Libertadores da América/2012. Para a alegria dos vascaínos, e de todos os outros times brasileiros, Mick Jagger foi visto com uma camisa do timão e aumentou a expectativas para o mata-mata da Libertadores/2012.

Essa verdadeira lenda do rock, mais conhecido por ser um grande "pé frio", estará no Brasil na quarta-feira, 16 de maio, mais precisamente no Estádio de São Januário, para acompanhar o jogo entre Vasco da Gama e Corínthians, pelas quartas-de final da Taça Libertadores da América. Ele disse que vai torcer pelo timão.

Então já dá para se ter uma ideia de quem sairá vencedor no confronto. As torcidas organizadas do Vasco manifestaram incondicional apoio ao Mick; os corinthianos esperam que ele resolva, na última hora, "virar a casaca" e torcer para o Vasco.
Desde já, aposto no cruz-maltino da colina.

domingo, 13 de maio de 2012

UM EXCELENTE GUIA TURÍSTICO

Quando estivemos de passagem por Salvador/BA, nosso guia turístico foi este cara aí que está com a "raquete" nº 5 na mão. Fervoroso torcedor do EC Bahia, Raimundo Jorge Kalile Passos trabalha há mais de 30 anos como guia turístico na área do Pelourinho e já está credenciado oficialmente [desde 2010] para trabalhar durante a Copa de 2014. Ele conhece muito da História da Bahia.

Posted by Picasa

sábado, 12 de maio de 2012

AS ESTÁTUAS DE RAPA NUI TÊM CORPO

Colaboração sinequanon Lu Costa

A Ilha da Páscoa ou Rapa Nui está localizada no Oceano Pacífico. Essa ilha vulcânica foi descoberta pelo navegador holandês Jakob Roggeveen, no domingo de Páscoa no ano de 1722, e mais tarde tornou-se posse do Chile, em 1888. Muitos mistérios cercam a Ilha da Páscoa que é famosa por suas incríveis estátuas chamadas Moais e que estão ao redor de toda a ilha que tem uma área equivalente a 6 vezes a Ilha do Mel, no litoral do Paraná.
A descoberta, não tão nova, mas que aumenta o mistério sobre quem as esculpiu, quem vivia na ilha e como elas foram parar lá, é o fato de que as estátuas da Ilha de Páscoa têm corpos.
Isso mesmo! As cabeçonas gigantes são estátuas completas cuja maior parte está enterrada e correspondem a corpos e mãos.
Um grupo de pesquisa privado tem escavado recentemente as estátuas da Ilha da Páscoa e está estudando as escrituras nos corpos das mesmas.

A dúvida agora é por que esses gigantes de pedra tiveram seus corpos enterrados?
As estátuas sempre foram assim ou com o tempo ficaram desta maneira?
Uma das teorias sobre o desaparecimento dos habitantes originais de Rapa Nui foi a superpopulação que levou a conflitos internos e falta de alimentos. Agora surge outra hipótese: um enorme deslizamento pode ter varrido a ilha e sua civilização. Isso aniquilou a população e fez com que as estátuas ficassem com boa parte do seu corpo sob a terra.

terça-feira, 1 de maio de 2012

BRASIL - CONSOLIDANDO A DEMOCRACIA?


Brasil, 1979. Tão logo foi eleito pelo Colégio Eleitoral, derrotando o general Euler Bentes Monteiro que era o candidato do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), João Baptista Figueiredo, candidato da ARENA (Aliança Renovadora Nacional), o partido do governo, prometeu ao povo brasileiro a abertura de um processo de democratização do país.

Quando assumiu a presidência, em abril, O general Figueiredo deparou-se com uma crise econômica já no começo do seu governo por conta da política de empréstimos adotada pelos governos anteriores, os quais tentaram, dessa forma, manter o chamado Milagre Econômico. Os problemas da economia brasileira foram agravados pela Crise do Petróleo de 1979, regida pela paralisação da produção iraniana por conta da Revolução Islâmica liderada pelo aiatolá Khomeini, o que resultou na elevação do preço médio do barril de petróleo. Isto ocasionou um aumento das taxas de juros internacionais, as quais incidiram sobre a dívida externa brasileira que ultrapassou a marca dos 100 bilhões de dólares, obrigando o país a pedir auxílio ao FMI (Fundo Monetário Internacional) em 1982.

Apesar da crise, até o seu último ano de governo o presidente João Figueiredo:
- obteve resultados positivos oriundos da sua política de modernização do sistema agrícola do país, o que transformou o Brasil em um dos maiores exportadores de produtos agrícolas do mundo;
- construiu, por meio de um programa de habitação, quase 3 milhões de casas populares, um recorde para a época.

Mas foram as reformas políticas por ele implementadas que fizeram a diferença. A extinção do sistema bipartidário vigente - ARENA/MDB - fez com que surgissem novos partidos. Dá a entender que o objetivo dos militares, com esta medida, era enfraquecer a oposição que, à vontade para se expandir, se fragmentaria em vários outros partidos. Examinando-se a questão em curto prazo, era uma estratégia eficiente. A médio e longo prazos estavam abertos os caminhos para a democracia política no Brasil, ainda mais se levarmos em conta que a Lei nº 6.683, de 28 de agosto de 1979, conhecida como a Lei da Anistia, já prenunciava mudanças no panorama político nacional.

A campanha das "Diretas Já!"

Em 1982 já foi possível a disputa para os governos estaduais e outros cargos legislativos através do voto direto. Aproveitando a brecha, deputados oposicionistas tentaram articular uma lei que instituísse o voto direto para a escolha do próximo Presidente da República. Em 1983 o deputado do PMDB Dante de Oliveira elaborou um projeto de lei para que tal prática fosse adotada. Foi a "Emenda Constitucional Dante de Oliveira" que, apesar da enorme pressão popular, a favor, foi rejeitada pela Câmara dos Deputados no dia 25 de abril de 1984. Por se tratar de uma emenda constitucional, precisava dos votos de 2/3 da Câmara (320 deputados) para prosseguir ao Senado. O resultado da votação foi o seguinte: 298 deputados votaram a favor, 65 contra, 3 abstiveram-se e 113 não compareceram ao plenário.

Clique aqui para ver a lista completa da votação da Emenda Dante de Oliveira

A essa altura, enormes comícios liderados por artistas, ex-perseguidos políticos, intelectuais e outros representantes de classes, tomavam conta do centro das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, mas nem isso conseguiu sensibilizar os 2/3 de deputados necessários à mudança. Ficou mantido o sistema de votos indireto.

Diante do clamor popular ressaltado aos olhos de todo o planeta, o governo militar não teve outra saída a não ser permitir que civis concorressem à disputa pela presidência da república, dando ao processo uma aparente conduta democrática. Assim, em 1985 um civil foi eleito, por via indireta, Presidente da República.

Tancredo Neves (São João del Rei/MG, 04/03/1910 — São Paulo/SP, 21/04/1985), o eleito, era um advogado mineiro, de São João del Rei, que já tinha sido primeiro-ministro com a instauração do regime parlamentarista, logo após a renúncia do presidente Jânio Quadros e, por último, dentre os diversos cargos de importância que exerceu, fora o governador de Minas Gerais. Doze horas antes de assumir, em 14 de março de 1985, teve um problema de saúde que resultou na sua morte, registrada em 21 de abril. Substituiu-o seu vice, José Sarney, na verdade José Ribamar Ferreira de Araújo Costa (Pinheiro/MA, 24/04/1930).

Os Presidentes Eleitos pelo Voto Popular

Em 1989, finalmente, os brasileiros puderam escolher seu presidente. Eleito pelo voto popular, com grande apoio de media, Fernando Collor de Mello foi, mais tarde, acusado de corrupção e renunciou ao cargo em 1992, derrubado pela mesma media que o havia ajudado a eleger-se. Começava mal a nova democracia.

Itamar Franco, o vice de Collor de Mello, assumiu seu lugar quando a inflação, que começara no fim do regime militar, atingia níveis insuportáveis. Experimentássemos nós fazer uma pesquisa de preços, buscando um eletrodoméstico, por exemplo. De manhã o preço era um, à tarde o mesmo eletrodoméstico poderia estar custando bem mais.

Depois de muitos insucessos de mirabolantes planos implementados desde o governo Sarney, surgiu então o Plano Real, um programa de estabilização econômica de longo prazo, organizado em etapas, onde as antigas moedas foram substituídas pelo Real. Para saber mais sobre o histórico da moeda brasileira, clique aqui.

E para saber mais sobre o Plano real, clique aqui e depois aqui.

O Plano real obteve sucesso e o então Ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso (FHC) foi aclamado como mentor do plano, o que o ajudou a eleger-se Presidente da República em 1994, com direito à reeleição em 1998.
O duplo mandato de FHC, no entanto, ficou conhecido como o governo das privatizações, as quais já vinham sendo feitas desde o governo Collor de Mello. Algumas, guardadas as devidas proporções, causaram transtornos psicológicos, morais e financeiros a muitas famílias brasileiras que ainda hoje sofrem os efeitos de tais medidas. Vejamos o que temos aqui:
USIMEC (Usiminas Mecânica S.A.) - 24/10/1991;
USIMINAS (Usinas Siderúrgicas de Minas gerais S.A.) - 24/10/1991;
CELMA (Companhia Eletromecânica) - 01/11/1991;
MAFER S.A. (Mafersa S.A.) - 11/11/1991;
COSINOR DIST. (DIST Cosinor Distribuidora S.A.) - 14/11/1991;
COSINOR (Companhia Siderúrgica do Nordeste) - 14/11/1991;
SNBP (Serviço de navegação da Bacia do Prata) - 14/01/1992;
AFP (Aços Finos Piratini S.A.) - 14/02/1992;
PETROFLEX (Petroflex Indústria e Comércio S.A.) - 10/04/1992;
COPESUL (Companhia Petroquímica do Sul) - 15/05/1992;
ALCANORTE (Álcalis do Rio Grande do Norte) - 15/07/1992;
CNA (Companhia Nacional de Álcalis) - 15/07/1992;
CST (Companhia Siderúrgica de Tubarão) - 23/07/1992;
FOSFERTIL (Fertizantes Fosfatados S.A.) - 12/08/1992;
GOIASFERTIL (Goiás Fertilizantes S.A.) - 08/10/1992;
FASA (Forjas Acesita S.A.) - 23/10/1992;
ENERGETICA (Acesita Energética S.A.) - 23/10/1992;
ACESITA (Companhia de Aços Especiais Itabira) - 23/10/1992;
FEM (Fábrica de Estruturas Metálicas S.A.) - 02/04/1993;
CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) - 02/04/1993;
ULTRAFERTIL (Ultrafértil S.A. Indústria e Comércio de Fertilizantes) - 24/06/1993;
COSIPA (COmpanhia Siderúrgica Paulista) - 20/08/1993;
AÇOMINAS (Aço Minas Gerais S.A.) - 10/09/1993;
PQU (Petroquímica União S.A.) - 25/01/1994;
CARAIBA (Mineração Caraíba Ltda) - 28/07/1994;
NEIVA (Indústria Aeronáutica Neiva S.A.) - 07/12/1994;
EAI (Embraer Aviation International) - 07/12/1994;
EAC (Embraer Aircraft Corporation) - 07/12/1994;
EMBRAER (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A.) - 07/12/1994;
ESCELSA (Espírito Santo Centrais Elétricas S.A.) - 11/07/1995;
LIGHT (Light Serviços de Eletricidade S.A.) - 21/05/1996;
CVRD (Companhia Vale do Rio Doce (e 13 subsidiárias)) - 06/05/1997;
MERIDIONAL (Banco Meridional do Brasil S.A. (e 5 subsidiárias)) - 04/12/1997;
TELEBRAS (12 novas controladoras, abrangendo todas as empresas que compunham o sistema TELEBRAS (EMBRATEL, 27 empresas de telefonia fixa e 26 de telefonia celular)) - 29/07/1998;
GERASUL (Centrais Geradoras do Sul do Brasil S.A.) - 15/09/1998;
DATAMEC (Datamec S.A. - Sistemas de Processamento de Dados) - 23/06/1999;
BANESPA (Banco do Estado de São Paulo S.A. (e 5 subsidiárias)) - 20/11/2000;
BEG (Bando do Estado de Goiás S.A. (e 2 subsidiárias - BEG/DTVM e Sisplan)) - 04/12/2001;
BEA (Bando do Estado do Amazonas S.A.) - 24/01/2002.

A privatização da RFFSA (Rede Ferroviária Federal) é uma história à parte, onde o governo que sucedeu o de Fernando Henrique também teve envolvimento..

Em 2002, os eleitores reagiram  e elegeram presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que representava a mudança frente ao segundo governo FHC.
Reeleito em 2006, Lula melhorou as condições de vida dos setores mais pobres da população e permitiu a quem já tinha um mínimo poder aquisitivo um certo up grade social. Mas seu governo também foi marcado por escândalos políticos equivalentes aos que os seus próprios partidários sempre condenaram quando eram oposição. Lula deixou de fazer reformas importantes, como a da previdência, a agrária e a tributária.

A tarefa da presidente Dilma Roussef na continuidade do enfrentamento aos grandes problemas sociais do Brasil não é fácil. Ficou muita coisa por fazer.

Quanto à privatização da RFFSA, sugiro que leiam o artigo de Roque Ferreira,"DILAPIDAÇÃO DO PATRIMÔNIO DA EXTINTA RFFSA", de 30/11/2008, sem levar em conta as questões partidárias, se é que me entendem.