segunda-feira, 21 de maio de 2012

UM PRESENTE DE GREGO

1972, feriado do dia 15 de novembro. Como presente de aniversário (77anos, em 17/11) o Flamengo ganhou uma goleada do Botafogo, com direito a um gol de calcanhar do Jairzinho, o seu terceiro nesse jogo e o quinto do Botafogo. Em seguida, 4 minutos mais tarde, ainda viria mais um, para fechar o placar em 6 x 0.

O jogo fazia parte da 20ª rodada [de um total de 25] da primeira fase do Campeonato Brasileiro de 1972. Nessa fase, embora estivessem divididas em quatro grupos distintos [de 6 ou de 7], todas as 26 equipes se enfrentaram entre si, em turno único. Os 4 primeiros de cada grupo foram para a segunda fase e foram dispostos em outros 4 grupos de 4, onde só o primeiro classificado seguiria em frente. E assim chegaram às semi-finais o Internacional, o Palmeiras, o Corínthians e o Botafogo que vinha embalado.
A melhor campanha geral favoreceu o Palmeiras que nem precisou ganhar seus jogos para ser campeão. Um empate em 1 a 1 com o Inter, no Palestra Itália e um empate em zero a zero com o Botafogo, no Morumbi, deram o título de 1972 à SE Palmeiras.


Mas o fato memorável desse campeonato, para mim, foi mesmo o placar de seis a zero que o Botafogo aplicou no Flamengo na tarde do dia 15/11/72, com direito a um "banho de bola" transmitido ao vivo pela Rede Globo.


Os botafoguenses reclamam que os flamenguistas do Canal 100 e da Globo deram sumiço nos arquivos dessa partida. É possível que tenham razão os alvi-negros de General Severiano, pois nunca mais vi qualquer referência, por parte da media esportiva do Rio de Janeiro, a essa memorável jornada botafoguense .

Um comentário:

Anônimo disse...

hoje não precisa ser seis,três já está de bom tamanho.e seguir romo ao titulo da copa do brasil 2013.
saudaç~es gloriosas!!!

henrique pereira

pelotas/rs