sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CIO DA TERRA

Nos tempos de União Soviética o controle estatal sobre a economia consolidou uma grande, porém ineficiente estrutura burocrática no país. O governo centralizava tudo, tornando lentas as decisões e a transmissão de informações, atrasando a produção de bens e a evolução tecnológica que não estivesse ligada ao fortalecimento do seu aparato militar.
Depois da glasnost, da perestroika, da queda do muro e da cortina rasgada, os países resultantes do desmembramento do grande urso mostraram-se pouco diversificados e despreparados para assumir uma atitude competitiva no mercado mundial.
Mesmo com limitações, alguns países, dos que passaram a formar a Comunidade dos Estados Independentes, conseguiram manter uma boa produção agrícola.

Este é o caso da Ucrânia, onde [em algum lugar] vemos uma família trabalhando no preparo da terra para o cultivo do milho. Os equipamentos são, de certa forma, rudimentares, e a extensão de campo é grande, mas ao que parece, ninguém está pensando em descansar ou desistir.
Foto Gleb Garanish / Reuters - 2007

Nenhum comentário: