quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

COLORADO E. C. - A SEGUNDA FORÇA

1974. Segundo algumas fontes, o campeonato paranaense disputado em três turnos seria um artifício para dificultar o tetracampeonato do Coritiba FC.
Apesar da desconfiança de muitos, o Coxa chegou na frente nos três turnos, assim distintos:
Numa primeira fase, os onze participantes se enfrentaram em turno e returno - 20 jogos para cada equipe. O Coritiba FC, somando-se os pontos do 1º e 2º turnos fez 32 pontos, contra 29 pontos do Colorado EC.
Os sete melhores se habilitaram para a segunda fase, onde 6 jogos em um turno único de pontos corridos definiram o campeão.
Na fase quente, de novo o alvi-verde foi melhor, obtendo 10 pontos; o Atlético e o Colorado fizeram 9 pontos. No somatório geral deu: Coritiba, 42 pontos; Colorado, 38 pontos; Atlético, 36 pontos. Em função do resultado geral justificou-se a manchete [abaixo] no álbum da revista Placar daquele ano.


O Colorado Esporte Clube - que alguns anos depois se uniria ao Esporte Clube Pinheiros para formar o Paraná Clube - não levou o título, mas seu craque, Volnei, foi o artilheiro da competição, com 14 gols.
Volnei

Imagens Enciclopédia do Futebol - revista Placar, 1974.











Nenhum comentário: