segunda-feira, 11 de abril de 2011

A CORRIDA ESPACIAL II

Apesar do primeiro [e de um segundo] fracasso, a série "Vanguard" não foi abandonada, e em 17/03/1958, finalmente o Vanguard I, com um peso de pouco mais de 1 Kg, subiu e ... [dizem que] ... até hoje está em órbita. Depois vieram: o Vanguard II, com quatro fracassos até ser lançado com sucesso em 17/02/1959; e o Vanguard III, que só alcançou êxito na terceira tentativa, em 18/09/1959.

Um mês após o bem sucedido lançamento do Explorer I, foi a vez do Explorer II, também equipado com um contador Geiger, o qual tinha o propósito de detectar raios cósmicos na magnetosfera. O foguete [chamado Júpiter C], lançado do Cabo Canaveral, na Flórida, em 05/03/1958, teve uma falha no seu quarto estágio e a missão não obteve êxito.
E a série "Explorer" continuou até, pelo menos, dez anos depois do final da Guerra Fria que era o motivo principal para a existência da corrida espacial entre soviéticos e americanos.
Em resumo: em 1957 subiram 2 satélites; em 1958, 5; em 1959, 13; e em 1960, 24. A partir daí multiplicaram-se os lançamentos de satélites para observações meteorológicas, orientação da navegação aérea e marítima e de telecomunicações.

Os primeiros cosmonautas (URSS) e astronautas (EUA)

1961, 12 de abril. Com o lançamento da Vostok I, com Yuri Gagarin (Klushino/Rússia, 09/03/1934 — Kirjatch/Rússia, 27/03/1968) a bordo, os soviéticos surpreenderam novamente o mundo. O satélite permaneceu 108 minutos em órbita, a 315 Km de altitude, e regressou à Terra sem apresentar nenhum problema. Gagarin, ao olhar pela janela da nave constatou, e exclamou: "A Terra é Azul!"
Yuri Gagarin - www.pravda.ru

Cerca de 4 meses depois, em 06 de agosto, foi a vez de Gherman Stepanovich Titov (Verkhneye Zhilino/Rússia, 11/09/1935 - Moscou/Rússia, 20/09/2000). Ele subiu com a Vostok II, e permanenceu no espaço durante 25 horas e 18 minutos.
Finalmente, em 20 de fevereiro de 1962, os EUA conseguiram mandar ao espaço seu primeiro astronauta. A bordo da cápsula espacial Mercury MA6 (Friendship 7), John Glenn (Cambridge/EUA, 18/07/1921) realizou três órbitas em 4 horas e 56 minutos.
Enquanto isto a União Soviética preparava as suas Vostok III e IV, que subiriam em 11 e 12 de agosto de 1962, com os cosmonautas Adrian Nikolayev (Chuvashsk, 1929 - Cheboksary/Chuvashsk, 03/07/2004) e Pavel Popovich (Uzin/Ucrânia, 05/10/1930), respectivamente.
As Vostok V e VI foram lançadas, respectivamente, em 14 de junho e 16 de junho de 1963. Como nas versões anteriores (III e IV), as naves estiveram bem próximas (a cerca de 5 Km de distância uma da outra), permitindo a comunicação de rádio entre os dois cosmonautas, Valery Bykovsky (Pavlovsky Posad/Rússia, 02/08/1934) e Valentina Tereshkova (Maslennikovo/Rússia, 06/03/1937), a primeira mulher no espaço, que permaneceu mais de 70 horas no espaço, realizando 48 revoluções em torno da Terra.
Para os soviéticos o projeto Vostok tinha alcançado seus objetivos que eram: colocar em órbita a primeira nave espacial tripulada, resgatando, com segurança, o astronauta e o veículo espacial; estudar a adaptação do homem no espaço.

O projeto Mercury, dos americanos, que iniciou em 1959 [com missões não tripuladas], e foi até 1963, tinha, a princípio, o objetivo [não tão nobre] de "estabelecer a superioridade dos EUA no espaço, e suplantar as conquistas espaciais soviéticas" (Wikipédia).
Depois de John Glenn, foi a vez do astronauta Scott Carpenter(Boulder/Colorado/EUA, 01/05/1925), em 24 de maio de 1962, na cápsula Aurora 7, impulsionada por um foguete Atlas. O tempo da missão foi de, aproximadamente, 5 horas, e a cápsula efetuou 3 órbitas [a 30 mil Km/h] em torno da Terra, e a uma altura média de 260 km. Carpenter foi o primeiro astronauta a se alimentar de comida sólida no espaço e na microgravidade.
Em 03 de outubro de 1962 o astronauta Walter Schirra (New Jersey/NJ/EUA, 12/03/1923 — La Jolla/Califórnia/EUA, 03/05/2007) era o tripulante da nave Mercury chamada Sigma 7. A missão de seis órbitas em volta de Terra, foi de 9 horas e 13 minutos. no ano seguinte, em 15 de maio, Gordon Cooper (Shawnee/Oklahoma/EUA, 06/03/1927 — Ventura/Califórnia/EUA, 04/10/2004) subiu com a nave Faith 7, no último vôo do Projeto Mercury, quebrando todos os recordes de permanência no espaço. Foram 22 órbitas em 34 horas, 19 minutos e 49 segundos. Ele foi o primeiro astronauta a dormir no espaço.

Nenhum comentário: