quinta-feira, 31 de março de 2011

NEM TUDO O QUE É JAPONÊS, É "JAPONÊS"

Lá atrás, no século XX, muito ouvi o termo "é tudo japonês!" para designar a qualidade duvidosa [ou desastrosa] de alguns times de futebol ou de uma safra de atletas com desempenho um pouco acima do sofrível.
É bom tomarmos cuidado, daqui para frente, quando ouvirmos falar que o sujeito é "japonês", em se tratando de futebol, pois a gente pode ter uma surpresa. Reparem a performance do guri - que é japonês - resumida neste filme de 4 minutos e meio.

Nenhum comentário: